10 de dezembro de 2012

11

Eu queria só por hoje não pensar em você. Nessas últimas noites já nem sei o que é dormir, e você fala com total naturalidade que essa dor é uma bobagem, um conto sem final.
Eu digo, haverá um final. Um dia. Um final justo, onde eu possa fazer valer a pena um amor de verdade, um sentimento que mude meus ares, que me faça feliz.
Eu também digo chega, eu digo que não quero mais, eu estou exausta, cansada, sem perspectivas, sem vontade de continuar.
Eu quero ser de outro alguém, já que sua eu já não sou mais. Tudo isso não passa de uma bobagem não é mesmo?
Você no meu lugar estaria dando graças a Deus, porque dor de amor a gente simplesmente dá um jeito, não é?
Sabe, eu vou dar um jeito... Um fim, esse é o meu único jeito.

2 comentários:

  1. Nem sempre a paciência resolve os amores. Algumas vezes é preciso dar um final para dar algum sentido.

    Ninguém morre por amar demais, a gente só morre se for amado de menos.

    E ninguém merece ser amado de menos.

    (Desabafos sempre soam perfeitos).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo o que não é correspondido é mais doloroso de suportar.
      Obrigada Brunno ;*

      Excluir