13 de novembro de 2012

01


Eu queria olhar você de novo. Tocar sua pele, sentir seu cheiro e fazer de conta que o tempo nunca esteve entre nós. Falar bem baixo em seu ouvido todas as palavras que durante esses meses, foram apenas escritas e guardadas na última gaveta daquela velha estante do meu quarto.  Abraçar você em uma madrugada fria, e deixar nossos corpos se esquentarem, sem pressa. Não perder nenhum detalhe. Ouvir seu silêncio.

Autor desconhecido, mas que falou tudo por mim hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário