8 de junho de 2011




E se teu sorriso cruzar
com o meu numa esquina qualquer,
deixe ser, deixe estar.
Deixa desatar os nós
que nos prenderam por tanto tempo,
me deixa respirar.
Me deixa seguir teus passos
e impeça a distância de nos distanciar.
Fica comigo. Hoje, amanhã e depois.
Se minhas mãos tocar as suas,
apenas não se afaste,
permita sentir o que é pele, calor.
Como se não houvesse outro alguém
que te pudesse amar, como eu.
Se não sabe o que dizer,
deixa teus olhos responderem por ti.
Deixa o teu sorriso te entregar,
pois se comigo sorri,
a felicidade então, sempre nos acompanhará.
Não espere o tempo passar
pra descobrir que um dia amou,
por que no fundo você sabe bem
que seu coração me pertence.