13 de maio de 2011



A vida não é só amar e nem só de amor alguém vive, mas é bom sentir as vezes esse amor e saber que é amado, só pra se sentir bem, um pouco mais leve. Amar sempre é bom quando é recíproco, e se existe amor, nada importa. E de verdade, amor é para os fortes, para os que sabem sentir, não para aqueles que fingem que não amam, também não é para aqueles que escondem o que sentem, não é pra qualquer um. É para aqueles que choram todas as noites antes de dormir, que perdem o sono quando não recebe uma ligação, que se preocupam com o outro mesmo estando do seu lado, e que milhas e milhas de distancia não acabam com um sentimento verdadeiro. Amor é para aqueles que se perdem nos pensamentos, revivendo as lembranças boas, que não sentem medo de dizer que amam, que não negam abraços, retribui beijos, que buscam no outro a sua paz. Amor não é para os que vivem muito, nem para os sábios, amor é pros inexperientes mesmo, que descobrem no outro o desejo, o gosto do beijo e a felicidade compartilhada. Amor é viver de lembranças e desejar viver todas de novo, com mais intensidade. É desejar estar sempre perto, é sentir saudade quando a distancia insiste em separar. Amar é nunca desejar o mal, é brigar quando necessário, é punir certas falhas, é repreender, mas sempre para o bem do outro. Amor só existe uma vez e não vai embora sem antes deixar marcas, até mesmo cicatrizes. Viva de amor e morra por ele, não se limite, porque se arrepender às vezes é bom. Melhor se arrepender do que fez do que se amargurar eternamente pelo que deixou de fazer.

3 comentários:

  1. Caaaaaaarol que doce, que lindo e que ótimas palavras! aai adorei muito. e que bom que somos fortes para amar, e como diz martha medeiros: "mesmo depois de termos sofrido pelo amor, amamos denovo."

    ResponderExcluir
  2. Eu dizia muito isso, que é melhor se arrepender do que se faz, do que se arrepender do que não fez. Hoje vivo assim, intensamente, por amor. Não tenho ligado muito para o meu presente. Ligo mais para o futuro. Em como as coisas serão a partir de amanhã. Mas vivo o hoje, porque sei que o futuro será consequência.
    Adorei, Carol.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Que texto apaixonante Carol. Muito gosto mesmo de ler, lindas e doces palavras.

    ResponderExcluir