4 de maio de 2011




E de tudo, só restarão essas poucas lembranças, algumas boas e outras ruins, algumas que valerão a pena lembrar e outras que serão eternamente esquecidas. Porque um dia eu prometi ser tudo sem receber nada em troca, mas me cansei dessa promessa, e o que era para ser intenso e infinito, se tornou frio e morreu jovem demais, antes mesmo de parecer amor.

Ao som de Just a boy - Angus and Julia Stone






Virei com menos frequência aqui,
mas tentarei postar regularmente, 
ainda preciso de distrações.

6 comentários:

  1. Geralmente acabam dessa forma.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. O sentimento é como a mutação de uma lagarta em borboleta, quando é enraizada no futuro em planos de amor, abraços

    ResponderExcluir
  3. geralmente nós que smepre nos entregamos, no fundo queremos algo em troca, nada material ou com grande valor economico, apenas um sorriso ou um abraço.

    ResponderExcluir
  4. lindo, lindo, lindo. Fiquei sem palavras Volte logo

    ResponderExcluir
  5. e que serão sempre lembranças...


    volta logo ta?

    um beijo e fica bem, lembra que tem gente aqui que adora te ler.

    ResponderExcluir
  6. É como dizem por aí: assim como um livro bom, boas lembranças passam rápido. Mas ficam.
    Vê se não demora! Gosto daqui!

    ResponderExcluir