25 de março de 2011

Na paz


Desfazendo passados e buscando futuros, assim que ando agora.
Meio que na contra-mão, sei muito bem o que faço e porque faço.
A vida é mesmo assim, e assim eu vou.
Cada passo uma conquista, cada passado uma lembrança que se desfaz lentamente, sutilmente.
Doces são meus dias, por que os deixo ser bons.
A tristeza não leva a nada, caro leitor, e hoje me dei conta disso.
Não sou hoje o que fui ontem, nem serei amanhã o que estou sendo agora.
É um devir, porque sou feita de mudanças e essas mudanças é o que me mantém viva
é um jeito bem melhor de levar a vida, lhe garanto.


Assim, sobrevivo e muito bem.

4 comentários:

  1. As mudanças podem sim ser doces e essencialmente boas, como você mesmo escreve.
    Existem momentos em que devemos parar de correr um pouco e tentar sentir o ritmo que se forma ao nosso redor. Podemos dançar sem ter a necessidade de estar tocando a música.

    Letras reveladoras.

    ResponderExcluir
  2. mas e como é melhor de levar! ameeii flor.

    ResponderExcluir
  3. É na paz que redescobrimos muita coisa. Em silêncio, que podemos nos ouvir inteiras. Tenha para si que esse momento é mágico, porque a liberdade tem sido a sua melhor amiga; e benfazeja.
    Beijo enorme!

    ResponderExcluir
  4. Disse absolutamente tudo. O silêncio é revelador, faz com que os pensamentos falem alto :*

    ResponderExcluir