16 de fevereiro de 2011



Acordei pedindo um pouco mais de mim hoje, é que ando meio atarefada e penso constantemente no que poderia acontecer (e não acontece), viver de vontades e expectativas não me farão sentir de verdade. Porque tudo que precisa ser real não pode ser abstrato, é preciso ser completo. Viver de quases me faz parecer absorta, me faz descrer na existência do sim, e me submete a aceitar o não. Então pedi um pouco mais de força pra me livrar do que quase foi, e viver do que é de verdade, sem excessões, sem desculpas e quases. Desisto da espera, e vou agora buscar o que quero sem medo. O que poderia acontecer, tanto pode como vai.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. E isso deveria ser lido a cada manhã, pra ver se a gente fica mais confiante da vida e vive ela melhor. Né? Ficou ótimo. Beijos

    ResponderExcluir