5 de dezembro de 2010

Tudo muda pra todo mundo



Andei amando demais, cega por amor, escondi tua face na minha retina, e só conseguia ver você, e nada mais. Por onde quer que eu andasse, não sentia a chuva cair, ou vento me tocar. As ruas escuras, os cigarros na bolsa, as tardes no café, a olhar pra você, sem desviar, tentativas frustadas de te arrancar de mim. E mesmo depois de tantos avisos, repreensões, eu sabia que estava errando, que estava sendo rápida demais, mas me joguei sem medo. E por um tempo, não doeu a queda. 
Mas depois senti pesar, alcei um vôo alto demais, e não consegui me equilibrar. A dor veio e resolveu não ir embora. Os litros de vodka, os tantos cigarros que fumei já não funcionavam. Piorei, senti que não haveria vida nova, que não havia essa bobagem toda chamada amor. Mas como tudo muda pra todo mundo, mudou pra mim também. Resolvi guardar minhas palavras e meu coração, busquei lá no fundo o meu valor, meu amor-póprio, sorri. Porque no fundo, ninguém pertence a ninguém, e sei muito bem o que fazer pra nunca me decepcionar. As vodkas continuaram, os cigarros também, mas o que mudou é tão perceptivo, que de longe, quem me vê já se contagia, pois guardo um sorriso sempre no bolso pra nunca deixar a dor permanecer. E nos meus olhos, já não existe só você, porque sempre será primeiro eu, segundo eu e terceiro eu, o resto, é consequência.

9 comentários:

  1. Primeiro nós mesmos. O resto realmente é consequência.
    Beijos
    =D

    ResponderExcluir
  2. Adorei. Tenho praticado muito isso, é sempre preciso nos colocarmos em primeiro lugar.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo ver que tu estás bem, e que agora só te vês no pódio, ocupando todos os lugares, espaçosa. A gente aprende, a gente muda, e o mundo aos poucos vai girando mais rápido, e muda também junto conosco, flor!
    Toda a sorte do mundo pra ti nessa nova empreitada!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. " Resolvi guardar minhas palavras e meu coração, busquei lá no fundo o meu valor, meu amor-póprio, sorri." Lindo, texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
  5. É, tudo muda, as pessoas mudam, sentimentos mudam.
    Primeiro lugar tem que ser sempre da gente, nunca podemos colocar as vontades de outra pessoas antes das nossas. É assim que se vive feliz consigo mesmo.

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  6. Nosso erro é sempre amar demais, quando não somos correspondidas. Parece que o amor até gosta de paradoxo. O ruim é vivermos apenas por causa deles, como se eles movessem o nosso mundo. Mas nada melhor do que reerguer, ver como a vida é melhor quando nos valorizamos.

    Que haja sempre um sorriso no seu rosto :)
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Se reerguer após uma queda, temos que estar prontras pra isso!

    ResponderExcluir
  8. Tudo sempre muda pra todo mundo. E todo mundo sempre muda, a dor sempre nos dá aquela sacudida e a gente percebe como a vida pode ser generosa, se formos generosos como nós mesmo.
    Lindo texto! Me identifiquei muito!

    Letícia

    ResponderExcluir
  9. Isso mesmo.
    Somos essenciais para nos mesmo e nunca podemos estar em segundo lugar...
    Temos que ser prioridade pra nos mesmo. Ai sim, o que vier é lucro. hehehehehehe

    Kisses
    Thaty
    Pedaços do Cotidiano

    ResponderExcluir