28 de outubro de 2010

Coração dividido



Eu atravessei algumas avenidas pra chegar até você, esperei por tanto tempo sentada na bancada de um bar olhando por todos os lados, procurando por alguém que poderia ser você. Então houve um dia em que eu te reconheci, entre tantos rostos, o seu foi o que mais me chamou atenção. E assim, trocamos olhares, sorrisos e palavras. E agora, depois de tudo que vivi, me sento aqui, espero que as palavras venham, espero que meus sentimentos se manifestem de outra maneira, mas meu coração me contraria. Eu amei você. Agora, eu sinto afeição por alguém que não quer ser nada mais que um bom amigo, e é isso que faz com que eu me sinta tão fútil e imbecil. Porque me apaixonar pelo seu melhor amigo, se tenho você? Porque tudo muda, e muda assim, em menos de segundos? Antes dele, tudo era tão mais fácil. Eu não precisava me dividir em duas pra dar atenção, eu não precisava olhar pra mais ninguém. Agora você espera de mim uma resposta, espera por uma explicação. Eu não sei o que dizer, quando me sinto partida ao meio, quando sei que há milhões de pedaços meus espalhados pelo chão dessa sala de estar, tentando reconstruir meu caminho, tentando encontrar uma razão. Mas a única razão que me tira o sono, que mexe com a minha cabeça, com os meus sentidos, com meus desejos e que me causa arrepios, é a que eu queria arrancar a força do meu coração, e se eu pudesse jogaria fora, mas não consigo. É sempre assim, quando penso que tudo está bem e que nada mais irá me atormentar, meus pensamentos me contradizem, meus atos e sentimentos param de me obedecer, e faço tudo por impulso, de novo.

8 comentários:

  1. " . É sempre assim, quando penso que tudo está bem e que nada mais irá me atormentar, meus pensamentos me contradizem, meus atos e sentimentos param de me obedecer, e faço tudo por impulso, de novo."
    Paarece até que você escreveu este texto inspirada em mim...
    Lindo blog flor, você tem textos realmente ótimo!
    Seguindo...

    Letícia

    ResponderExcluir
  2. O texto está explendido.

    Te sigo NOW.

    BJsss

    Hubner Braz
    [Confissões Insanas]

    ResponderExcluir
  3. O texto está ótimo!
    Mas é muito ruim amar e depois perceber que o outro não te ama mais da mesma forma.
    Mas tudo passa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Às nos sentimos assim, perdidas dentro de nossos próprios pensamentos. Tudo fica confuso, mas apenas nós mesmo tempo a chave para desecadearmos todo essa confusão que se comprime dentro de nós. Espero que sua chave brilhe e te encontre, que novos ares te soprem e que logo todas essas confusões de dissolvam.
    Beijo, querida!

    ResponderExcluir
  5. A gente tem sempre o defeito de nos apaixonarmos pelos melhores amigos. Devíamos saber separar afeição com sentimento. Não deixe a amizade estragar porque você gosta dele. Faça desse sentimento um motivo para a amizade fortalecer, sempre.
    E quanto ao amor da sua vida, aproveite-o. Não deixe que ele fuja. rs

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. amor, adorei seu post :] tem novo lá na minha página também :] Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Amor correspondido nos parte completamente :/
    -

    Belo texto :)


    beeeijão!

    ResponderExcluir