22 de setembro de 2010

Eu sou a minha fortaleza.

Eu permaneci deitada em minha cama por longas oras, as mãos cruzadas sobre o peito e uma lembrança confusa e frustada em minha cabeça. Meu coração estava quebrado, exatamente em dois pedaços. Não sei como entrei nisso, não sei como permaneço aqui ainda, não sei.
Talvez agora eu só queira aquela velha garrafa de conhaque, esperando por sorrisos que não verei, lutando por algo que não está nas minhas mãos.
E essas noites calmas, com uma taça de vinho na mão, os meus fantasmas reaparecem, mais vivos que nunca. E a única coisa que eu queria era entender...
Foi quando te vi pela primeira vez e sentamos tímidos em um café ao norte da cidade, um sorriso amigável,  você parecia amigável.
Mas o que não mata um coração, só o deixa mais forte. Não importa a queda, nem a dor. Sei que em algum lugar do tempo, a loucura irá embora, meus fantasmas voltarão a ficar invisíveis de novo, e eu ficarei mais forte.
Finalmente verei com clareza todos os inícios, meios e fins. Meus olhos não se fecharão novamente pra dor, não enquanto eu lutar.
De todas as escolhas que eu fiz, essa foi a melhor, a mais dolorosa, mas a que me convêm.
Um dia o sol irá pairar sobre minha janela, com raios instigantes que me levarão a correr pro lado de fora e cantar bem alto, pra que Deus possa ouvir, pra que todos possam ouvir, que eu fortaleci.

8 comentários:

  1. Se sentir forte é o princípio para levantar, pé ante pé e caminhar com certezas, sabendo qual caminho seguir. Boa sorte, amada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Com toda a certeza depois de quedas a gente sofre, mas levanta! O que devemos é sempre seguir.
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. É, a gente tem momentos de fraqueza, mas não podemos deixar ela se instalar permanentemente, por isso devemos lutar, mostrar nossa força e gritar pro mundo que vencemos...

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  4. Olá lindo blod, se me permitir a seguirei, abraços

    ResponderExcluir
  5. Como eu sempre falo: "posso ficar em cinzas, mas dela ressurgirei" (momento fênix, risos). Não podemos desistir da vida. Ela não é fácil, mas só nós podemos lutar e seguir em frente. Temos que seguir com fé e força. Nunca desistir. Lindo texto. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Nada melhor do que uma queda para nos fazer crescer. Seremos sempre gratas à eles por nos fazerem sofrer, só assim aprenderemos a ser fortes :)

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Realmente parece impossível esquecer esses 'fantasmas' e continuar seguindo em frente.Tem pessoas que sempre aparecem do nada,trazendo á tona todas aquelas lembranças do passado.É quando devemos ficar fortes e lutar contra tudo.
    É díficil,mas não impossível :)

    -

    Beeijo!

    ResponderExcluir
  8. E a vida é assim, não é? Feita de altos e baixos... o que importa é tentar sempre o retomar do caminho.

    Beijinho

    ResponderExcluir