9 de setembro de 2010

Do que você precisa?


Do que você precisa mesmo?
Um dia, te prometi o céu, com todas as estrelas, você sorriu e disse que meu amor já era o suficiente. E uma noite, meu coração doía, e você sorriu e disse, ele dói por mim, não é? Pois bem, ele dói por você. Mas não tive coragem de dizer. Mas bem que eu quis.
Eu tive vontade de voltar para casa, dizer entre lágrimas e soluços, que a tempestade só iria embora se você fosse comigo. Mas não tive coragem, e empurrei as minhas malas no carro e o deixei, e comigo, levei toda a solidão e um pedaço seu, esse eu esqueci de devolver. Na verdade, achei que deveria levá-lo comigo, na vã esperança de que você voltaria pra buscá-lo e assim, eu poderia ver teu rosto mais uma vez, uma última vez.
Mas você não veio buscar o pedaço do seu coração que ficou comigo, talvez você não se incomode com o vazio que deixei, era pequeno demais, fácil de ser substituído. E eu que achava que tudo estava indo tão bem, que até na chuva resolvi dançar, mesmo molhando minhas roupas caras e amarrotando minha bota azul.
Do que você precisa? Me diga, e eu te darei. Porque metade de mim ainda é você, tudo bem que você não se importe com o vazio que está aí dentro, talvez alguém já o preencheu, mas eu trouxe um pequeno pedaço seu, e deixei mais da metade de mim com você. Foi uma grande besteira, mas não adiantaria eu trazer comigo essa parte de mim que só você soube amar.
E as vezes, sinto vontade de ir aí e trazer de volta o último beijo que pousei em teus lábios aquela noite, o último abraço e o último adeus, e guardar comigo essas lembranças e quem sabe um dia, jogar fora, junto com a parte que eu arranquei de você, que você nem ao menos se importou em vir buscar...

8 comentários:

  1. Nós precisamos de tanta coisa em um amor. Muitas mesmo.
    Beijoo

    ResponderExcluir
  2. Na verdade precisamos de coisas simples, aproveitar o que o amor oferece de melhor. Se as pessoas não complicassem tanto, talvez a vida fosse mais alegre. Tudo que precisamos é amar e amar. Lindo o seu texto. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. É aquela coisa de se doar mais do que deveria e receber menos do que se quer... Acontece né? Mas depois de um tempo aquela metade vai voltando para gente aos poucos...

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  4. nossa! lindo demais seu texto.
    O amor é sempre muito complicado, ou as vezes nós é que o complicamos ;s
    adorei!!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Você vai se descobrindo em pessoas e coisa que você nunca pensou que ali estivesse um pedaço seu.
    Esse texto foi uma escritura da minha vida atual, mas acredito que vou conseguir, sozinha.

    Continue escrevendo e siga sorrindo mesmo se seu coração estiver em pedaços.

    ResponderExcluir
  6. Muito lindo e profundo esse seu texto

    Adorei aqui

    Tô seguindoo! =)
    beeijos

    ResponderExcluir
  7. Como assim? Acabou? Isso foi triste. E, realmente há pessoas que não se importam de chegar na vida de outras, fazer revoluções e estardilhaços. Essas são as piores. Não se preocupam, nem ao menos, em fazer uma faxina.

    ResponderExcluir
  8. As vezes eu nem sei do que preciso. Senti falta das suas postagens, beijos...

    ResponderExcluir