25 de junho de 2010

Estou aqui de novo, esperando.

É, quem sabe eu me iludi mais uma vez.
Nada de notícias, nada de de telefomenas, nada.
Talvez você ainda esteja voando em um avião, sei lá, quem sabe nem venha mais.
Você devia me ligar, não sabe o que passei nessas 24 horas,
com alguns copos de whisky, cervejas quentes, me fizeram parar, parar e pensar em você.
O que faz agora? Será que pegas o avião das 9 e chegas aqui só amanhã a noite?
Ou quem sabe tu já estás aqui. Espera que eu ligue?
Você tem o meu número, você que tem que me ligar.
Estava em uma festa, mas voltei pra casa, sabe, pensar em você me deixa triste, e com doses altas de álcool no sangue, eu acabaria chorando por você.
Meus amigos me matariam se eu chorasse por você de novo.
A questão é que você me leva as alturas, diz que pensas em mim, que não me esqueceu,
mas aí não dá notícias, some.
Talvez eu esteja sendo precipitada, mas eu sou assim mesmo.
É o amor que me prega mais uma peça, que faz pirraça só por fazer.
Me mande um recado, uma mensagem uma notícia, se vem, se fica, se não quer vir, se ainda pensa em mim.
Só não me deixa aqui, confusa, preocupada, sem saber de nada.
Eu me preocupo com você, porque algo forte me inquieta agora, me tira o sono, me mantem concentrada apenas em você. Isso é amor, quem sabe.
E eu sei.
Sei que as noites que fico sem dormir, é pensando em você.
E quando penso em me divertir e esquecer de tudo, é seu rosto que me vêm na cabeça.
Me distraio ao lembrar do teu sorriso, o teu olhar, e outras coisas que me fazem mal, e ao mesmo tempo me faz bem.
Não consigo entender, não quero entender, você é meu maior problema, mas não consigo parar de pensar em você, e quanto mais me dói, mais eu quero você comigo.
Nesse tipo de armadilha eu já caí, e tô caindo de novo, de boba que eu sou. Mas eu não posso dominar o meu coração. Estou agora entregue nas tuas mãos.
Me faça bem, me faça mal. Só não me deixe aqui, esperando por você.

4 comentários:

  1. 'É, quem sabe eu me iludi mais uma vez.'
    Vivo com essa frase todos os dias, sabia? Porém, como eu disse em um texto, são fases. Ninguém melhor do que nós para nos auto amar. Viva para ser feliz, por você! E por mais ninguém!

    Beijos flor.

    ResponderExcluir
  2. "Nesse tipo de armadilha eu já caí, e tô caindo de novo, de boba que eu sou. Mas eu não posso dominar o meu coração. Estou agora entregue nas tuas mãos.
    Me faça bem, me faça mal. Só não me deixe aqui, esperando por você."
    Sinto o mesmo. Um coração pela metade: meio quebrado, um pouco amando. E espero que volte, o que no fundo sei que não regressará. O jeito é ir vivendo, e ver no que dá essa existência cor-de-rosa.
    Um beijo flor!

    ResponderExcluir
  3. É difícil mesmo esquecer quem amamos, mesmo que essa pessoa nos faça sofrer, porém quem gosta de ti, és você mesmo! Aprender a se valorizar, e colocar tua felicidade em primeiro lugar, é o que importa!
    Fiques bem, e lembre-se daquilo que te falei uma vez: ACREDITE NAQUILO QUE TE FAZ SORRIR!

    Beijos e mais beijos! :)

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o texto! Também estou na espera hehehe
    Gostei do blog, vou seguir =)
    Beijos

    ResponderExcluir